sábado, 14 de dezembro de 2013

Eu queria ser Pai Natal

Eu queria ser Pai Natal
e ter um carro com renas
para pousar nos telhados
mesmo ao pé das antenas.

Descia com o meu saco
ao longo da chaminé,
carregado de brinquedos
e roupas, pé ante pé.


Em cada casa trocava
um sonho por um presente.
Que profissão mais bonita
Fazer a gente contente.

Luísa Ducla Soares
Poemas da Mentira e da Verdade

Sem comentários:

Enviar um comentário